Arquivo

Archive for 17/01/2011

Morre um Herói – Major Richard Winters

Diferentemente dos estereótipos heróis que tanto ilustram a cultura cinematográfica americana, Richard “Dick” Winters foi um exemplo dos soldados que combateram nas mais importantes batalhas do teatro de operações europeu durante a Segunda Guerra Mundial. Tenente Wintens fez parte da lendária Companhia E do 506ª Regimento de Infantaria Pára-quedista da 101ª Divisão Aero-Transportada, embora tenha alcançado a fama pela Série da HBO Band of Brothers, o seu grande mérito aconteceu nos campo de batalhas da França, Holanda e Alemanha. Dono de uma liderança invejável e de uma postura disciplinar exemplar, Dick foi a representação do soldado compromissado com sua missão, e por isso, é o modelo a todos os líderes de organizações militares e civis, cujo o envolvimento em suas atribuições torna-o um homem respeitado pelo seus superiores e exaltado pelos seus comandados.

O tenente Dick desembarcou na Normandia em 06 de junho 1944, durante seu salto perdeu seu armamento e perambulou pelas cercas vivas normandas até encontrar parte do seu pelotão e seguir para seus objetivos. Na manhã do dia 07, o Comando lhe repassa a missão de silenciar canhões de 105mm que castigavam os desembarques na praia chamada Utah, ele com apenas um grupo de 12 homens atacam aproximadamente 50 alemães que defendiam as armas, a batalha ocorreu ao sul de Le Grand-Chemin na localidade conhecida como Brécourt Manor, usando táticas inovadoras de combates com pequenas unidades, o tenente Winters expulsa a guarnição e consegue uma mapa preciso das posições das defesas alemãs na região. Até hoje, a Operação Brécourt Manor (como ficou conhecida), é estuda em West Point (Academia Militar americana), como exemplo de tática de combate. Pela atuação de Winters foi indicado para receber Medalha de Honra, infelizmente pela postura do governo americano em conceder tal honraria apenas a um militar por Divisão, concedida ao Tenente Coronel Robert G. Cole. A condecoração de Winters foi rebaixada para Distinguished Service Cross.

Durante a Operação Merket Garden Winters foi o responsável pela operação que enfrentou diretamente 200 soldados alemães, já como Capitão Winters passa a comandar o Batalhão enfrenta a Batalha do Bulge, na floresta das Ardenas, na Bélgica e como Major toma o Ninho da Águia, residência de campo de Adolf Hitler.

Por todos os seus feitos, ele foi convidado a permanecer no Exército, contudo não aceita o convite e resolve viver uma vida calma, muito embora tenha retornado na década de 50 para treinar os pára-quedistas para a guerra da coréia, não aceita novamente o convite para combater na linha de frente, dizia ele estar cansado de tudo aquilo. Dick resolve viver uma vida tranqüila vendendo ração animal para fazendeiros no estado da Pennsylvania, e lá aos 92 anos no dia 02 de janeiro de 2011 faleceu com suas lembranças dos amigos que viu tombar nos campos de batalha. Foi um herói, não um de filmes, mas um homem, que sofreu terrivelmente as perdas severas de um juventude que lutou para que o mundo pudesse conhecer a democracia do mundo livre, mesmo ainda falha, mas só foi possível porque uma geração deu seu sangue por ela, e Dick, foi um desses jovens que perdeu sua inocência lutando fora de seu país pela liberdade de outros, que ele nem mesmo conhecia.

Em honra aos mais de 400 brasileiros mortos nos campos da Itália e que, como Dick, acreditavam que estavam lutando pela liberdade das próximas gerações, inclusive a nossa!

Nota Oficial:
Richard Winters passed away
02-01-2011

We regret to inform you that our former commander Major Richard ´Dick` Winters passed away at the age of 92.
During Operation Overlord he became our commanding officer and led us through the most important hours of the battle. Many of us survived because of his leadership. After D-Day he stayed our leader through Operation Market Garden and after he was promoted and did his job in regimental headquarters his heart stayed with us and led us through several battles till the end of the war.
He was an incredible leader and a wonderful person. Also thanks to him we became A Band of Brothers where he was a part of. He was respected by all of us.

We want to express our condolences to his family and wish them strength in these difficult times.
May he rest in peace.
The eagle will always scream for our brothers !

 

Segunda Guerra em Tempo Real

17 Janeiro de 1941 – Os italianos  evacuam a cidade de Kassala e Gallabat no norte de África. Com tropas despreparadas e completamente inconsciente de suas atitudes, o Duce italiano Mussoline por pouca vezes foi um aliado importante para Hitler, pelo contrário, por sua causa a Alemanha foi empurrada para um Front que não gostariam de lutar, mas depois de sucessivas derrotas, no continente onde o mais importante era a consolidação colonial italiana frente ao inglês, Hitler forma a Afrika Corps e cria uma lenda chamada Rommel, que entra para história como a Raposa do Deserto. Ao final de 1942 por ser considerado um Front secundário nos planos de expansão nazistas, Rommel é chamado devolta a Berlim e deixa suas unidades sem suprimentos caírem nas mãos inglesas e americanas.

Combates na África II

Categorias:Guerras, História
%d blogueiros gostam disto: