Início > Guerras, História > Werner Drechsler – De Marinheiro de U-Boot a Espião Americano

Werner Drechsler – De Marinheiro de U-Boot a Espião Americano


Werner Drechsler  foi um dos sobreviventes do ataque ao U-Boot 118 durante a Segunda Guerra Mundial , que foi afundado próximo do Arquipélago de Açores , em 1943. Como Prisioneiro de Guerra, Werner colaborou intensamente como os americanos, provavelmente porque seu pai tinha sido preso político em um Campo de Concentração na Alemanha.

 Não demorou muito para que Oficiais de Inteligência da Marinha Americana recrutassem Drechsler como espião no acampamento perto de Fort Meade, Maryland, que abrigava outros marinheiros de U-Boots capturados durante o conflito. Após a chegada, Dreschsler trabalhou disfarçado, se tornando amigo dos prisioneiros, a fim de coletar informações sobre a tecnologia dos submarinos alemães, os procedimentos operacionais / táticas e quaisquer outras informações que poderiam ser úteis para os aliados.

 Em 12 de março de 1944, Drechsler foi transferido para outro campo de prisioneiros, no Arizona, que abrigava marinheiros da Marinha Alemã. Esta transferência ocorreu apesar do fato de que Drechsler ser mantido separado dos outros prisioneiros, em especial ex-tripulantes do U-118, que estavam cientes das atividades de Drechsler.

 As autoridades americanas cometeram um erro na transferência Drechsler para o Arizona, que rapidamente teve resultados fatais: alguns membros do U-118 foram confinados no mesmo campo, e imediatamente, reconheceram o seu antigo companheiro. Logo as atividades de Drechsler se espalharam por todo o acampamento, e em poucas horas, uma Corte Marcial foi montada pelos próprios prisioneiros. Werner foi sentenciado à pena de morte pelos seus compatriotas. A condenação também serviria de aviso para outros prisioneiros que quisessem colabora com o inimigo. Na manhã seguinte Drechsler foi encontrado enforcado no chuveiro. Ele foi assassinado horas após a chegada no acampamento.

 Sete homens: Helmut Fischer, Fritz Franke, Gunther Kuelsen, Heinrich Ludwig, Bernard Ryak, Otto Stenger e Rolf Wizuy foram executadas pelo espancamento e enforcamento de Werner Drechsler. Foi a última execução em massa nos Estados Unidos , os homens foram enforcados em 28 de julho, 1945 no Forte Leavenworth, Kansas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
Categorias:Guerras, História
  1. Luiz Claudio Pimentel
    09/10/2011 às 10:38 PM

    Cada vez que vou me aprofundando neste blog, encontro coisas mais interessantes.

    PARABENS !!!

    Mais uma historia inédita para mim

  2. Cristine
    10/03/2015 às 7:48 AM

    Incrível
    sou descendente de Werner e me orgulho disso.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: