Início > Guerras, História, Pernambuco, Recife > Ataque e Afundamento na Costa Brasileira do U-Boot – U-848

Ataque e Afundamento na Costa Brasileira do U-Boot – U-848


Fotografias tiradas durante os ataques pelo Tenente Charles A. Baldwin, USNR, 107-B-12

Primeiro ataque – 6 Mk-47 da DB 60 FT espaçadas a 25 pés, 215 nós, ângulo do alvo 270 0 – explosões atingiram a torre de comando, os dois primeiros na entrada e quatro a estibordo, o terceiro foi um fracasso – nenhum fogo antiaéreo.

NARRATIVA PILOTOS

Decolou em patrulha da Ilha da Ascensão das 0623. Depois de estar fora cinco horas e resolvemos retornar, decidi pela transferência de combustível dos tanques das asas da popa. Isto requer que o rádio e o radar fossem desligados. Em 1110 durante a transferência de combustível e passando por uma pequena frente, eu estava voando a 3.500 pés no curso 068 0 T, a posição S 10-09 e 18-00 W, quando o relógio de arco relatou a presença de um navio através de uma abertura nas nuvens, momento em que o co-piloto me avisou que o mesmo objeto estava a cerca de cinco quilômetros, dois pontos fora da curva da porta. Eu disse, “Heck acredito que seja um submarino nazista”, colocando a tripulação a suas estações de batalha. O rádio estava ligado e por esse tempo nós estávamos entrando nas claras, ainda a 3000 pés. Avistei o submarino a minha bombordo, a distância de uma milha e meia. O submarino estava em curso 090 0 T, a velocidade de 15 kts ou maior. Fazendo uma curva de mergulho para a porta e vindo a bombordo, velocidade do ar 250 MPH altitude, 75 pés, eu deixei cair seis bombas, uma a frente para atingir a torre de comando. Puxado para cima e em um banco de porta íngreme. O submarino foi virando-se para o seu estibordo e eu fiquei incapaz de direcionar o avião a tempo quando ele passou a cerca de 60 pés. Voltou à minha frente quando iniciei a terceira tentativa de confrontamento. Em um ângulo alvo de cerca de 60 graus, altitude 25 pés, eu larguei as três bombas restantes que explodiram bem próximo. Em seguida, puxando para fora e para longe, olhei para trás e viu submarino ainda em seu curso perdendo uma grande quantidade de óleo. Eu também observei três sinais de fumaça que eu acredito que foram os tiros disparados durante os ataques. Não havia pessoal do lado superior do submarino, mas acredito que havia focos de incêndio pelo excelente tiro dos meus artilheiros e do elemento surpresa. Depois de afastar mais, fizemos contato com 107-B-4 por rádio e disse-lhes do ataque, então começou a enviar MO, de forma que ele pudesse contatar a base. Nesse meio tempo o submarino ainda estava perdendo óleo e parecia está na direção errática em direção ao sul a cerca de  4 ou 5 nós.

Em 1245 B-4 chegou e eu fiz mais um sobrevoo ao seu lado do submarino. O B-4 lançou bombas em curta distância.Depois do ataque do B-4, o U-boat continuou em um curso errático progredindo em direção ao sul e voltou para a posição onde eu originalmente o ataquei em 1330. Neste momento a U-boot foi capaz em manter-se em uma linha de cruzeiro reta para o oeste.

107-B-8 homing chegou a 1340 Z e fez mais um ataque de popa ao U-Boot. Começou a sair fumaça que alcançava 1000 metros, creio que tenha sido do moto2.

  Em 1515 o U-boat parado ainda perdia óleo e, posteriormente, navegava a 10 a 12 nós por um curtos períodos de tempo.

O ÚNICO SOBREVIVENTE

Hans Schade foi resgatada pelo USS Marblehead em 03 de dezembro de 1943 – 28 dias após o U-848 ter sido afundando. Ele foi encontrado em uma balsa salva-vidas jogada pelo Avião PBY-USArmy, imediatamente após o naufrágio. Seu estado era muito crítico. Ele foi resgatado e desembarcado em Recife, em 04 de dezembro sendo imediatamente levado para o Hospital da Marinha. Mas morreu no dia seguinte e foi enterrado com honras militares em 06 de dezembro de 1943 no Cemitério de Recife – Santo Amaro –

Guarda de Honra saúda como o corneteiro tocando silêncio

Descrição do Ataque realizado pelos Pilotos

Fonte: http://www.uboatarchive.net/

Anúncios
  1. washington jadum de campos
    23/07/2011 às 2:05 PM

    Com toda a certeza um herói deste submarino alemão, mereceu as honras que lhe era devida.

  2. Joaquim Fernandes
    25/11/2011 às 1:49 PM

    Miranda, parabéns pela postagem muitos brasileiros desconhecem totalmente estes fatos que deviam fazer parte da memória histórica do nosso país o brasil não podia esquecer que o litoral do nordeste brasileiro foi zona de guerra dos lobos cinzentos alemães e o recife havia blackout e exercício de artilharia pesada foi no nordeste brasileiro o maior número de ataques de submarinos da kriegsmarine na américa latina, esqueceram os mortos do Baependy, araraquara,aníbal benévolo, itagibá , arará, inclusive o avião pby catalina comandado pelo cmt.Torres foi chamado de arará em alusão ao navio afundado pelo alemães este catalina viria a afundar nas costas do rio de janeiro O U-199 no dia 31 julho de 1943 eo cmt. Torres viria a realizar 100 missões de combate na itália com o senta pua, o brasil esqueceu que a nossa valorosa força aérea foi uma das duas únicas unidades de combate estrangeiras que recebeu a presidential unit citation do presidente americano, esqueceram do predador o U-591 rondando o litoral de pernambuco a 12 milhas da costa, comandado pelo oberleutnant Reimar Ziesmer afundado na costa de pernambuco no dia 30 julho de 1943 pelo avião us ventura (vb-127/b10) marinha americana no ataque morreram 19 tripulantes e sobreviveram 28 eo Brasil não pode esquecer do trampolim da vitória parnamirim field Natal uma das maiores bases americanas fora do território americano e por ultimo o dia 8 de maio dia da vitória lembro que na minha infância e adolescência a imprensa escrita e falada dava atenção ao fato com especiais e documentários para manter viva a memória de nossos verdadeiros hérois brasileiros, estou vendo isso desaparecer com o tempo o que me da muita tristeza, ao contrario da mídia estrangeira cerimônias cívico-militares acontecem em Moscou ,Paris,Londres eo Brasil porque não faz o mesmo?

    UM PAÍS SEM PASSADO
    NÃO TEM FUTURO.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: