Início > Guerras, História > O General Clima: Bastogne

O General Clima: Bastogne


O terreno e o clima podem decidir qualquer batalha. As táticas militares são desdobradas de acordo com esses fatores. Mas no final das contas o soldado ele deve está preparado para investida em qualquer tipo de terreno e em qualquer variação de temperatura, muito embora haja tropas especializadas para climas e terrenos específicos. O soldado de uma tropa regular deverá ter domínio do terreno e suportar as variações de temperaturas impostas pela campanha e a preparação física e psicológica dessa tropa poderá definir o destino de uma guerra. O que dizer de Napoleão ao invadir a Rússia? O que dizer de Hitler em Stalingrado? Durante a Segunda Guerra os campos de Batalha foram de uma diversidade sem precedentes na história do homem. Tropas regulares e especiais combateram em praias, ilhas, florestas, deserto, montanhas, cidades e locais inóspitos; durante a noite, à luz do dia, em todas as estações, sob sol intenso e calor sufocante, sob chuvas intermináveis. Os soldados que lutaram a Segunda Guerra foram os primeiros guerreiros da humanidade a atuar sob tão variadas imposições.

O que dizer dos pracinhas brasileiros? Soldado oriundo no abrasador país tropical, lutando em uma Itália que contemplava um dos invernos mais rigorosos de sua história com temperaturas muito abaixo de zero. E mesmo sob duro jugo climático desempenhou seu papel improvisando, suportando e cumprindo a missão a ele atribuída.

Para materializar os terrenos tão difíceis de combate vamos publicar uma série com os mais variados terrenos e climas.

Iniciamos hoje com o FRIO de BASTOGNE

Anúncios
  1. Moriarty
    01/09/2011 às 3:13 AM

    Sem dúvida alguma o clima quando não é o fator determinante é o fator que mais contribuiu para o resultado de uma batalha.

    Por exemplo na Africa o soldado Alemão tinha treinamento melhor e melhores armas,contudo o soldado Inglês graças a Royal Navy, tinha uma alimentação melhor era mais balanceada que a Alemã e no clima do deserto isto fez muita diferença, os Alemães ficavam mais debilitados que os Ingleses.

    Na URSS, o inverno feroz, debilitou os Alemães, Seus aviões raramente podiam decolar pelo excesso de neve acumulada nas asas,óleo,fluidos e combustível em estado pastoso impróprio para uso, nos tanques a situação era a mesma, as armas portáteis também careciam de lubrificação, a caminhada na neve era lenta e cansativa, essa situação diante de Moscou comprometeu totalmente o desempenho da Blitzkrieg,a wermacht teve que lutar uma desgastante batalha de atrito, tentando uma ruptura da linha Russa, contra um exercito que conhecedor do terreno, havia se preparado para ele, os Russos mais moveis acabaram empurrando os Alemães para trás infligindo-lhes perdas graves, e derrota irreparável.

    Nas Ardenas a condição básica que Hitler esperou alcançar para a ofensiva era o mal tempo, as nevascas próprias do inverno mantiveram a superioridade aérea dos aliados inoperante,e assim a ofensiva pode ser conduzida pelos tanques Tiger e Panther e bem treinadas tropas das Waffen SS, os êxitos acabaram, quando os Americanos assim como os Russos entenderam a fraqueza da Blitzkrieg, eles teriam que parar numa cidade fortificada e bem abastecidos deter o impeto da Blitizkrieg, ate que pudessem contra-atacar, os Alemães incapazes de impedir o abastecimento de Bastogner pelo ar e castigar a cidade com a Luftwafen, enfraqueceram e logo foram expulsos pelos reforços de Patton.

  2. washington jadum de campos
    01/09/2011 às 7:06 PM

    Pois é Miranda, veja como um general bem branquinho pode fazer, destroem e aniquilam exercitos sem dizer uma só palavra.

  3. murilo
    16/08/2013 às 6:11 PM

    assisti band of brothers e santos ou soLdados, sei que não foi fácil, nem me atrevo á pensar como era os combates no rigoroso inverno, mas em noites frias, eu mesmo me digo:
    “AINDA BEM QUE NÃO ESTOU EM BASTOGNE!”

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: