Início > Guerras, História > Cartazes Nazistas em Território Ocupado – Parte 01

Cartazes Nazistas em Território Ocupado – Parte 01


 Muitos historiadores defendem que um dos motivos da queda das pretensões de Hitler, foi exatamente a forma como ele conduziu a política de repressão nos países e territórios ocupados. Tratado como libertadores em algumas regiões da URSS, não demorou muito para os cidadãos “libertados” entenderem que se tratava de uma ocupação brutal, e que de forma violenta permitiu o florescimento de movimentos de resistências tão abnegadas que forçou a Alemanha a consumir recursos militares importantes na manutenção desses territórios. Tais focos de resistência duraram todos os anos da ocupação alemã, inclusive sendo organizadas e fomentadas pelas nações ocidentais.

De qualquer forma sempre houve a tentativa de divulgar de forma positiva a ocupação alemã pelo ministério de propaganda nazista e de construir uma máquina de propaganda negativa sobre os inimigos do Reich que perduraram até os últimos dias do regime.

Iniciamos uma nova série sobre os cartazes de ocupação alemã produzidos nos territórios ocupados. Acompanhem!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
  1. washington jadum de campos
    04/09/2011 às 8:00 PM

    Miranda que espetáculo de cartazes, mas, como se usa-os para insulflar e tambem uma traição contra o ocupado, nisto os Nazistas eram bem espertos, se o apoio ao povo conquistado fosse efetivo o destino da querra seria outro, não é verdade, pensemos bem.

    • 04/09/2011 às 8:02 PM

      Amigo! Isso foi um dos principais erros de Hitler…Uma política de ocupação feroz e violenta!

  2. 06/09/2011 às 5:54 PM

    Nota-se a cor vermelha na maioria dos cartazes, gera medo, gera choque ao se ver… que tempos terríveis e duros foram esses pra esses povos eslavos ! De um lado um bolchevismo que matava e perseguia seu próprio povo, de outro um país que os tratavam como sub-humanos “undermensch” ! Como cada um desses dias de opressão e dominação devem ter sido demorados pra quem (sobre)viveu neles !

    Que essa história seja divulgada e que nunca mais se repita !

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: