Início > Guerras, História > Uma Palavra da FEB para a Cidade de Lajedo

Uma Palavra da FEB para a Cidade de Lajedo


Alusivo do Sargento Bruno Ribeiro por ocasição da homenagem da cidade de Lajedo, em Pernambuco, ao veterano Gastão Veloso de Melo, integrante da ANVFEB-PE.

—————————————————————————————————————————————————————————————————————

É com muita satisfação que eu, Bruno Ribeiro, representando a Associação Nacional dos Veteranos da FEB – Regional Pernambuco, venho falar deste grande homem, Gastão Veloso de Melo, que hoje merecidamente é homenageado.

         Ser um herói não é fácil, pois todo ele abdica algo da sua vida para benefício de outros, assim são os nossos Pracinhas que estiveram em combate na II Guerra Mundial no Teatro de Operações na Itália, uma guerra contra o genocídio, contra o racismo e a Ditadura e em favor da LIBERDADE e da DEMOCRACIA. Dentre mais de 25 mil homens de toda nação, Lajedo oferta um filho seu. Pois Lajedo é digna de uma placa na praça central para com muito orgulho poder expressar o seguinte dizer:

DAQUI SAIU UM EXPEDICIONÁRIO!

         Não podemos deixar de lado os feitos desse herói Binacional, é nosso mas também da Itália, e melhor é nordestino, é pernambucano.

       Estes nobres homens enfrentaram três guerras: A preparação precária; o combate em situações adversas como na neve e em montanhas; e a pior: a reintegração social acompanhada de discriminação quando de sua volta ao Brasil, e tiveram que sobreviver! Pois o reconhecimento pela Pátria só veio pleno na constituição de 1988, 43 anos depois da guerra.

         Basta! Esses heróis já ficaram com suas glórias a muito tempo esquecidas, é preciso reavivar a chama histórica, é dever dos professores deste município propagar sua história para que as gerações futuras não venham a perder.

         É lindo ver nas comunas italianas que foram libertas da agressão Nazi-Fascista; as crianças cantando a Canção do Expedicionário, por outro lado no Brasil mal ouvimos o Hino Nacional sendo cantado nas escolas, que pela Lei é de no mínimo uma vez por semana, sejam nas escolas públicas ou privadas.

         Penso que isso se dá porque somos ignorantes aos horrores de uma guerra e, em particular, a que este Pracinha passou.

      Mais hoje neste dia de grande festa com a exposição: “Redescobrindo a jornada de meu pai” temos a oportunidade de conhecer melhor a história deste ilustre senhor, que é a história viva do nosso Brasil.

Antes da guerra dizíamos: A cobra vai fumar!

Na Itália dizíamos: A cobra está fumando!

Hoje dizemos: A cobra segue fumando!

Parabéns Lajedo, Parabéns querido Veterano Gastão Veloso de Melo.

Que Deus sempre o abençoe!

Bruno Ribeiro

Historiador e Representante da ANVFEB-PE

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: