Arquivo

Archive for 26/09/2011

FEB – Todos os Detalhes – A Série

Com o intuito de preservar a memória histórica dos mais de 25 mil homens que embarcaram a partir do dia 02 de julho de 1944 para lutarem na Segunda Guerra Mundial contra as potências do Eixo, estaremos realizando uma profunda reflexão histórica sobre a vida desses brasileiros e os desdobramentos políticos que levaram a criação dessa força de combate impar na America latina. Teremos duas publicações semanais que compreenderá o período do envolvimento político brasileiro com a Alemanha, sua decisão em lutar ao lado dos Aliados e a consequente formação de uma Divisão de Exército Expedicionário; seu retorno como tropa vencedora, os movimentos políticos para desmobilizar a FEB; o reconhecimento com a Constituição de 1988. Nosso objetivo é produzir um material de qualidade que possa ser utilizado como apoio para pesquisas. Não temos um intuito de escrever uma obra literária, contudo prezaremos pelo que há de mais importante para a pesquisa histórica, os fatos! Para tanto nos apoiaremos em obras importantes para deliberar sobre todos os acontecimentos que culminaram com a entrada do Brasil na Segunda Guerra e o resultado para o governo brasileiro a partir da década de 40.

 Esperamos sinceramente que os artigos publicados nessa série possam estar a altura de todos aqueles que acompanham o BLOG, pois sabemos que o nível de nossos internautas é elevado! Portanto, Acompanhem! Comentem e divulguem, pois devemos lutar contra a ignorância histórica desse país e valorizar os homens que lutaram pelo Brasil e honrando aqueles que perderam sua vida longe de sua pátria.

Deixo aqui uma frase clássica da FEB: “Conspira contra a sua própria grandeza, o povo que não cultiva seus
feitos heróicos”
 
Iniciaremos as Publicações AMANHÃ – 27/09

O Rei Netuno e a FEB!

O que o Rei Netuno tem haver com a FEB? Na verdade nada! Ou quase nada…

Havia uma tradicional brincadeira na USNavy em presentear os marinheiros que atravessam a Linha Imaginária do Equador com “Diplomas do Rei Netuno”, por isso a deidade grega é revestida de uma simbologia única para Forças Latino-Americanas, tendo em vista que o Brasil foi o único país do continente sul-americano a participar de ações beligerantes na Segunda Guerra Mundial. E para diminuir a tensão da viagem, que para o 1º Escalão da FEB iniciou no dia 02 de julho de 1944 e o desembarque aconteceu em Nápoles no dia 16 de julho, nesse período havia riscos de operações de submarinos do Eixo o que era necessário total alerta e treinamentos constantes para a tropa e a tripulação. A noite todas as luzes eram apagadas e o calor tornava a viagem bastante desgastante para os nossos soldados. Por isso a prática da marinha americana de “diplomar” os militares por cruzarem a linha imaginária do hemisfério tornou a viagem mais animada e, como o espírito brasileiro naturalmente é caracterizado pela irreverência, trouxe um animo a mais para tropa no Navio de Guerra General Mann.

Estamos abaixo exibindo uma raridade que é o “Diploma do Rei Netuno” do querido pracinha Sargento Rigoberto Souza que embarcou com o 2º Escalão e lutou nas principais batalhas do Teatro de Operações do Mediterrâneo.

Diploma do Rei Netuno -Digitalização Original

 

Fontes:

Rigoberto Souza Júnior

“A luta dos Pracinhas – A Força Expedicionária Brasileira na 2ª Guerra
Mundial de Joel Silvera e Thassilo Mitke

 

%d blogueiros gostam disto: