Anúncios

Arquivo

Archive for 02/11/2011

Mais do que boas FOTOS; o registro de uma época!

Certo dia, minha filha de seis anos me fez a seguinte pergunta: “papai por que o senhor gosta tanto de guerra?”, na hora fiquei sem reação, já que a primeira coisa que me passou pela cabeça foi repreendê-la, mas rapidamente percebi que o mais importante era explicar a ela o PORQUÊ do estudo desse período. Então revolvi ter uma bela conversa com a minha futura historiadora…

Por outro lado, gostaria de falar para o público que acompanha o BLOG, pois naquele momento entendi que provavelmente há outras pessoas que podem pensar o mesmo: “Poxa como esse Chico Miranda gosta da Segunda Guerra!”, na verdade acho que o “gostar” não é tão simplista assim.

Primeiramente a Segunda Guerra foi destrutiva demais para pormenoriza-la no contexto História da Humanidade, principalmente porque o que conhecemos como mundo hoje, está diretamente relacionado com os impactos dos resultados, e os desdobramentos políticos e econômicos do pós-guerra, além de toda a composição geográfica do mundo. Por isso mesmo é necessário que compreendamos os motivos, circunstancias, razões e tudo que for possível sobre o conflito, para que haja o perfeito entendimento nosso mundo AGORA. E mais, subsidiar ideias para aprender quais os descaminhos que a humanidade tomou há 72 anos, e não repetirmos o flagelo generalizado a qual uma geração inteira foi sacrificada.

Sabe o que me deixa mais estarrecido, o fato de nossos jovens serem cobrados mais pelo conhecimento da organização social e política romana do século I, do que sobre os impactos do mundo com a Segunda Guerra. Não entendo como somos bombardeados com notícias sobre a Palestina e seu conflito territorial com o Estado de Israel, quando muitos nem mesmo sabem a origem do processo de criação do Estado Judeu. Analisar a História sob uma parcialidade contemporânea é um erro recorrente em nosso país.

Quando nos referimos a Segunda Guerra Mundial não vislumbramos outra coisa se não o terrível Hitler matando milhões de Judeus ou a bomba atômica destruindo as cidades de Hiroshima e Nagasaki. O sofrimento foi muito mais localizado e abrangente e a Segunda Guerra Mundial foi mais que isso. A Segunda Guerra Mundial moldou o mundo de tal maneira que boa parte dos processos e tecnologias que utilizamos hoje, foram criadas durante ou após o conflito, mas sempre pela imposição do resultado e que são utilizadas no nosso cotidiano. Isso foi bom? Claro, mas a um custo muito alto, e por ter sido alto, devemos sempre lembrar que gozamos de determinados privilégios que foram construídos sob as custas do medo, da morte, do sofrimento de uma geração inteira.

Por esses e outros motivos devemos entender exatamente o que foi esse conflito, para que nossos filhos não precisem sacrificar-se como nossos avós o fizeram, para que as futuras gerações não precisem de BLOGS para lembra-los sobre um passado tão importante, mas esquecido por muitos.

Quero encerrar com umas fotos que não retratem combates, mas pessoas.

 Os créditos das fotos são Alfred Palmer/OWI/LOC

Anúncios

A Guerra do Deserto – Morte e Agonia – Parte II

Segunda Parte uma pequena amostra do Front Africano. As fotos são The Associated Press.

%d blogueiros gostam disto: