Início > Guerras, História > Exército Alemão, do Frio Intenso ao Deserto Escaldante!

Exército Alemão, do Frio Intenso ao Deserto Escaldante!


Continuando as pequenas publicações sobre a Wehrmacht. Hitler chegou a atuar em quatro frentes de batalhas para manter os territórios ocupados, portanto o Exército Alemão deixa de tomar a iniciativa do combate e passa a fazer o inverso da Blitzkrieg, ou seja, defender suas posições. Mas enquanto o exército teve fôlego manteve a ofensiva em territórios bem opostos, praticamente com guerras completamente diferentes. Há inclusive vários registros de soldados que lutaram na frente oriental e depois seguiram para a Afrika Corps, ou seja, versatilidade! Sejamos na série de fotos abaixo:

Anúncios
  1. Mauro
    26/11/2011 às 5:25 PM

    – Bem ressaltado FM, destes quatro fronts, três no meu entender se destacam um pouco mais pelas condições do terreno que levaram a um emprego de tropas mais originais, a Escandinávia, Os Balcãs e a África Setentrional.

    – Na Escandinávia, os Alemães mostraram pela primeira vez sua flexibilidade nos campos de batalha empregando tropas de montanha, para conquistar e manter a Noruega contra os contra-ataques Ingleses provenientes dos desembarques que efetuaram na região, eles aproveitando bem o terreno acidentado resistiram o suficiente, ate os Ingleses reembarcarem afim de se unir aos Franceses na frente ocidental contra Hitler.

    – Nos Balcãs os Alemães mostraram pioneirismo ao utilizarem pela primeira vez tropas aerotransportadas, no ataque que conduziram a Creta, todos no Alto-Comando Alemão estavam apreensivos, quanto ao emprego dessas tropas, mas elas cumpriram sua finalidade, sob o comando do General Student elas dominaram a Ilha de Creta, coisa impossível de se fazer por desembarques anfíbios em face da superioridade naval Inglesa.

    – A perda da iniciativa e falta de folego da Werhmacht pode sem receio ser atribuído a Hitler sua visão operacional foi influenciada pelas vitorias fáceis do inicio, e apesar dos avisos do seu Estado-Maior, mais apto que ele em questões militares, ele estendeu demais a guerra conduzindo rapidamente a Alemanha ao limite do seu potencial bélico, isso evitava o desenvolvimento do conceito da Blitzkrieg na sua totalidade pois mesmo quando vencia era obrigado a deixar numero considerável de tropas afim de manter suas conquistas consolidadas, o resultado disso foi que um grande numero de forças Alemãs que poderiam ter participado logo no inicio da Operação Barbarossa e feito muita diferença no resultado final da campanha, não estava disponível, estavam inativas como forças de ocupação, após ultrapassar o seu limite combativo e sem forças para golpear o adversário a Werhmacht foi obrigada a aceitar a tática inimiga da guerra de atrito que favorecia a superioridade numérica dos recursos e anulava a flexibilidade de manobra, principal característica da Blitzkrieg. Mas também é aceito que as novas armas adotadas pela Werhmacht, já refletiam um processo de aceitação e adaptação dessa nova condição do conflito imposta pelo adversário.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: