Início > Guerras, História > Uma Visão Alemã… Para Reflexão

Uma Visão Alemã… Para Reflexão


Nesse post, resolvemos publicar uma quantidade razoável de fotos com a perspectiva pessoal dos militares alemães nos seus fronts. A ideia é tentarmos realizar uma análise desses soldados que, na grande maioria, estavam ali sem saber a profundidade dos acontecimentos que eles participavam, retificando a visão errada do mundo sobre a guerra do bem contra mal e colocando um olhar sobre o HOMEM, independente de sua origem ou cidadania, que sofreu, perdeu a juventude e muitas vezes tudo que tinha.

Eu acredito que a fotografia de época tenha esse poder: levar quem analisa a reflexão sobre a foto, observando expressões, equipamentos e paisagens que marcaram o mundo tão profundamente.

Convido a todos a reflexão da situação de cada homem e paisagem que ficaram registrados nessas fotografias:

Fonte: Arquivo Alemão.

Anúncios
  1. Mauro Moriarty
    16/01/2012 às 11:04 PM

    – Se alguém se preocupa única e exclusivamente em assimilar e difundir a historia oficial considerando-a seu único credo, sua fé numa verdade que lhe foi convenientemente oferecida, sem o esforço de uma pesquisa consciente e desinteressada em confirmar ou repudiar os preconceitos que ele já mistificou em si mesmo, então alegremente aceitará todos os absurdos históricos do passado e dos que serão criados no futuro, poucas coisas são tão inconvenientes quanto à prática da duvida, mas é um exercício necessário se quisermos nos aproximar da verdade.

    – Tivemos um período particularmente negro na nossa historia entre tantos outros, o período do Imperialismo colonial, período designado por uma série de expressões eufemísticas, grandes descobrimentos, mercantilista, colonialista, para os agentes desse processo a celebração e confirmação da superioridade do mundo branco sobre os nativos selvagens, e tudo foi legitimado através de Teorias raciais cujos efeitos persistem ate hoje, preconceito, ódio que descambam em guerras e tudo isso por causa da propaganda da legitimação dessas teorias que a ciência já refutou.

    – Durante a II guerra mundial a coisa não foi diferente, era preciso que os governos instilassem uma razão para lutar, um ódio irracional ao inimigo que fizessem seus povos querer se matar mutuamente pelos interesses mal explicados de uns poucos, e assim surgiram verdadeiros departamentos ideológicos cuja finalidade primordial era a de divulgar e legitimar a desumanização do inimigo e destruir nos soldados recrutados séculos de uma consciência cristã que diz “Não mataras”, eles intencionalmente perverteram o mandamento para “Não matarás, há não ser que por uma boa causa”, e claro a boa causa era eles que forneciam, e assim como esse, todos os outros, por exemplo, “Não cobiçaras a mulher do próximo” perdeu-se em ondas criminosas dos estupros em massa cometidos pela soldadesca brutalizada pelos horrores da guerra, ou melhor dizendo “Desumanizadas”. Enquanto os soviéticos invadiam a Alemanha um Judeu Soviético Erenburg se notabilizou como expoente desse ódio irracional gritando nos rádios expressões do tipo: “Matem, matem todos, matem até os que ainda nasceram, pois todos são culpados”, acho que nessa culpa ele deveria se incluir.

    – O registro fotográfico aqui apresentado é uma ótima oportunidade para muitos de constatar por ilustrações aquilo que apenas experimentou ler, por mais que uma descrição escrita seja detalhada ela nunca substituirá o realismo e o impacto contido numa foto que fala por si própria.

    – “Guerras mundiais”, esperemos nunca mais.

  2. Francisco Bendl
    17/01/2012 às 6:41 PM

    Brilhante comentário, Moriarty.
    Inquestionavelmente uma guerra inicia pelo processo de desumanização que os soldados sofrem.
    O inimigo não é ser humano, mas uma “coisa”.
    Trazemos à tona uma crueldade que não acreditamos que somos possuidores.
    Mostramos uma selvageria imensurável.
    Transformamo-nos em meros agentes de aniquilação.
    E não há lado “bonzinho”. Todos são envolvidos em uma violência desmedida. Perdemos o senso das medidas por completo.
    Ficamos absolutamente insanos.
    Os exemplos de bestialidade humana deixados pela Segunda Guerra são apocalípticos!
    Aliados e Eixo, protagonizaram espetáculos de horrores jamais vistos na história, a começar pela quantidade de mortos.
    Causa-me espécie, no entanto, a facilidade que nos fazem de massa de manobras, de jogar para os braços da morte milhões de almas sem o menor pudor.
    Sim, temos sido enganados ao longo do tempo. Os interesses que regem o mundo não passam pela melhor qualidade de vida dos habitantes deste planeta.
    Eu já comentei em postagens anteriores sobre aqueles que realmente venceram a Segunda Guerra, e não foram os povos que lutaram contra os desmandos, a tirania. Não foram os soldados que deram as suas vidas à democracia, à paz, à reconstrução de países arrasados com a guerra.
    Os vencedores continuam sendo os mesmos exploradores dos povos no passado, os que detinham o poder anteriormente, os que sempre lucram em quaisquer conflitos!
    Existe uma ordem mundial em economia que rege esse mundo de Deus, que desestabiliza moedas, que escraviza povos inteiros, que consegue falir as nações, que impõem o seu imperialismo de forma absoluta e impiedosa.
    O massacre da Segunda Guerra terminou, mas a matança indiscriminada proporcionada pela falta de comida continua; o genocídio pela falta de remédios aos mais necessitados perdura;
    A miséria dos mais pobres não aflige os ricos, que já os exploraram, e agora são abandonados.
    O verdadeiro Deus cultuado não é o Todo Poderoso, mas o dinheiro, o lucro, o vil metal!
    Em nome dele padece a humanidade ou a sua grande e absoluta maior parte.
    Estamos à mercê das contingências internacionais.
    Os países estão voltando para aqueles que eram seus donos no passado. Suas independências não duraram muito, haja vista que estão de pires na mão a pedirem ajuda, a clamarem por auxílio.
    Mas, os ricos, os poucos e verdadeiros ricos, comprazem-se com o sofrimento alheio!
    A Terra prometida está sendo finalmente conquistada!
    De uma forma ou de outra eles vão acabar conosco também, é só uma questão de tempo.
    Por enquanto ainda somos úteis, temos o que ser explorado, e temos muito que crescer.
    Depois vamos ser jogados fora inapelavelmente, a começar pela lavagem cerebral em termos religiosos, a nossa subserviência, humilhação, exclusão deste mundo que, na interpretação deles, não nos pertence!
    A história registra a má fé de muitos vitoriosos; dos seus crimes; dos seus devaneios.
    Ainda bem que este planeta um dia vai acabar também, e levará consigo os que se julgam seu dono, seu imperador!
    As fotos da Segunda Guerra possuem duas imagens: dos que sobreviveram e dos que morreram.
    Não há vencidos e nem vencedores.
    Todos perderam.
    A humanidade foi a maior prejudicada.
    Em nome de quê?
    De uma paz que nunca tivemos depois de 45?
    De revoluções constantes pelos quatro cantos do mundo?
    De segregações, racismo, preconceitos?
    Lamento que os episódios dantescos da Guerra foram esquecidos e desprezados.
    Não aprendemos nada com o sofrimento dos que lutaram e tombaram em busca de uma esperança para nós, de um mundo melhor, mais solidário e harmonioso.
    Em vão.
    Tento não me deixar conduzir pelo pessimismo, no entanto, a realidade tem superado a ficção em brutalidade e desespero.
    Ainda temos líderes assassinos que governam países e povos; imposições de vontades e caprichos de políticos que são os legítimos traidores de populações inteiras e nações desprotegidas; somos manipulados de forma criminosa.
    Precisamos nos manter alertas e avisar os demais.
    Este blog tem esta função também, e devemos aproveitá-la para o nosso bem.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: