Início > Guerras, História > A Estação Antártica Comandante Ferraz e a Lição: Explicar a Palavra HERÓI para o país.

A Estação Antártica Comandante Ferraz e a Lição: Explicar a Palavra HERÓI para o país.


Nosso país nos últimos anos tem presenciado a vulgarização dessa honrosa palavra, HERÓI. Nós assistimos, estarrecidos, pessoas sem qualquer contribuição real pelo nosso país, pelo nosso povo, recebendo esse atributo em realitys shows televisivos que expressam apenas a mediocridade humana dos seus participantes. Também são desmerecidos os jogadores de futebol, artistas e cantores que não passam nenhum valor de fato para a sociedade, exceto exemplos torpes e vidas vazias, mas, que mesmo assim, são referências de “heroísmo” lardeado pela Mídia.

Infelizmente o Brasil teve uma dura lição da real utilização desse termo, vindo exatamente do lugar onde se forjam os verdadeiros Heróis, das Forças Armadas. A Marinha do Brasil tem entranhado em sua história, combatentes que deram sua vida em cumprimento da missão. Nosso país testemunhou dois casos de heroísmo que é uma AULA DO USO DO TERMO HERÓI, para que possamos, como nação, aprender que essa palavra deve ser usada estritamente nesses casos, onde um Filho brasileiro entrega sua vida gratuitamente para salvar outras, exercendo o papel para que foi formado.

Carlos Alberto Vieira Figueiredo e Roberto Lopes dos Santos colocam seus nomes no seio de nossa História, juntamente com Max Wolf e outros Heróis que morreram no cumprimento de sua missão. Devemos reverenciá-los agora e SEMPRE! Para que futuramente os jovens entendam o sacrifício desses militares, e as próximas gerações saibam o verdadeiro peso da palavra HERÓI e jamais a vulgarize novamente.

_______________

 Carlos Alberto Vieira Figueiredo nasceu em Vitória da Conquista (BA) em 1964. Ele ingressou na Marinha em 1982 e, nos 30 anos de carreira, serviu em diversas unidades militares, como supervisor eletricista. Já Roberto Lopes dos Santos nasceu em Salvador (BA), em 1966, e ingressou na Força em 1985. Veterano no Programa Antártico Brasileiro, Santos já havia trabalhado em Comandante Ferraz em duas outras ocasiões, em 2001 e 2007.

HOMENAGEM DO BLOG CHICO MIRANDA AOS VERDADEIROS HERÓIS BRASILEIRO.

Anúncios
  1. Francisco Bendl
    28/02/2012 às 8:13 PM

    Lamento profundamente que o nosso país já possua estatísticas de cientistas vítimas de pesquisas onde as verbas são destinadas em doses homeopáticas.
    No caso da Antártida, agrava-se a situação haja vista avisos desde 2006 alertando sobre o estado precário que se encontravam as nossas instalações naquele centro de pesquisa.
    Igualmente a Base de Alcãntara, no Maranhão, onde morreram 21 pessoas em 2.003, ocasionadas por uma explosão!
    Também um acidente no porta-aviões São Paulo, onde morreu um marinheiro, se não estou enganado.
    Enfim, os governos sempre colocaram a pesquisa em segundo plano. Parece que não fazem questão que sejamos independentes tecnologicamente falando, mas que vivamos na condição de pedintes de avanços científicos de outras nações!
    O meu mais profundo pesar a essas famílias hoje enlutadas, que perderam seus entes queridos.

  2. washington jadum de campos
    28/02/2012 às 9:02 PM

    Sem investimento vamos ver nossos bravos morrerem.

  3. mario
    29/02/2012 às 2:21 PM

    Este é um país estúpido, quer achar nossos heróis ?
    Assistam Big Brother, vejam os programas de auditório dominicais, assistam as novelas.
    Para os nossos bem informados brasileiros é isso aí !

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: