Início > Guerras, História > Shoichi Yokoi, o Soldado Japonês fiel!

Shoichi Yokoi, o Soldado Japonês fiel!


 Uma história tão peculiar como a deste soldado japonês que foi fiel como ninguém à causa. Em 24 de janeiro de 1972, dois habitantes da ilha de Guam descobriram Shoichi Yokoi, um soldado japonês que estava escondido na selva há 28 anos -desde o fim da Segunda Guerra. Yokoi estava com 56 anos, muito magro mas com um aspecto saudável e vestia um uniforme feito por ele mesmo a partir de fibras de hibisco.

Segundo divisou os dois visitantes, atacou-os com uma rede de pesca, mas conseguiram se livrar delas e capturaram Yokoi para levá-lo à delegacia de polícia.

Sua história ficou famosa em todo mundo e se converteu em um dos personagens mais famosos do Japão. Quando foi recrutado no Exército Imperial Japonês em 1941, Shoichi Yokoi foi preparado para ser alfaiate das Forças Armadas. Fazia parte da 29º Divisão de Infantaria da Manchúria até que em 1943 chegou a Guam, já com a patente de Sargento.

Em 21 de julho de 1944, na batalha que seguiu ao desembarque das tropas estadunidenses em Guam, a unidade de Shoichi Yokoi foi aniquilada. Ele foi um dos poucos sobreviventes e, disposto a não se render, refugiou-se na selva. Quando regressou para casa, explicou:

– “Os soldados japoneses aprendem que é melhor a morte à desonra de ser capturado com vida”. Assim foi dado como oficialmente morto em setembro de 1944.

Yokoi teve os conhecimentos necessários e uma força mental incrível para sobreviver na selva durante 28 anos, esperando o regresso do exército japonês. A princípio, vivia junto com outros dois soldados em um buraco que cavou na terra consolidado com paredes de bambu. Após vários meses, e dado que a comida estava acabando, os outros dois soldados decidiram ir para outro lugar, ainda que não perderam o contato entre eles. No entanto, 8 anos depois, descobriu-os mortos, provavelmente de fome.

Em 1952, Shoichi Yokoi encontrou casualmente alguns folhetos e jornais nos quais era possível ler que a guerra já tinha terminado, mas pensou que era só propaganda de guerra estadunidense e permaneceu oculto na selva.

Yokoi não foi o único a viver tantos anos na selva. Em 1960, outros dois soldados japoneses, Minagawa e Si Ito, foram encontrados e repatriados ao Japão.

Após ser repatriado, Shoichi Yokoi converteu-se em um herói nacional em seu país, e quando foi visitar seu povoado natal, sua chegada foi televisionada e milhares de japoneses aguardavam alinhados ao longo da estrada hasteando bandeiras na sua passagem.

Nosso personagem casou-se alguns meses após seu regresso, escreveu um livro sobre suas experiências em Guam, apareceu regularmente na televisão e em 1974 inclusive se candidatou ao Parlamento.

Em 1981, seu sonho tornou-se realidade e foi recebido em uma audiência com o imperador Hirohito. A reunião foi a maior honra de sua vida e declarou ao imperador:

– “Sua Majestade, regressei a casa. Lamento profundamente que não tenha podido lhe servir bem. O mundo mudou, mas minha determinação de servir ao Senhor e minha Pátria nunca mudará”.

Viveu uma vida simples o bastante para brindar-nos com uma frase como esta:

– “Não posso entender por que as cidades queimam a comida que resta. Minha família não produz lixo. Comemos cada último bocado de comida e os alimentos que já não são comestíveis são utilizadas como adubo em meu jardim”.

Shoichi Yokoi faleceu de um ataque do coração em 1997, com 82 anos, deixando uma história incrivelmente dramática a respeito da sobrevivência. Mas ainda mais impressionante que a história em si foi a sua forma de patriótica de enfrentar as adversidades:

– “Segui vivendo pelo bem do imperador e do espírito Japonês”.

O Sargento Shoichi Yokoi

Calçado

Fonte: http://www.mdig.com.br/

Anúncios
  1. André Luís
    23/04/2012 às 4:52 AM

    Que doido. Se fosse pego aqui deveria ser julgado por crimes contra a humanidade. Vejam aquele filme chamado: O Grande Ataque. Tudo baseado em fatos reais.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: