Início > Guerras, História > Fotografias que Reforçam a Superioridade Militar da Alemanha…

Fotografias que Reforçam a Superioridade Militar da Alemanha…


 Para reforçar os argumentos do post anterior, segue uma sequência de fotos que testificam a superioridade do Exército da Alemanha, pelo menos nos dois primeiros anos da Guerra! Importante ressaltar!:

Facebook: https://www.facebook.com/BlogChicoMiranda

Anúncios
  1. jobazevedo
    07/11/2012 às 6:52 AM

    Qual o museu que tem o melhor acervo destes equipamentos, alguém sabe?

  2. Marco Antonio Massière
    07/11/2012 às 9:51 AM

    Chico. Apesar de toda polemica que sempre envolve o assunto, é comprovado que o exercito Alemão, diga-se as três armas sempre focou na superioridade técnica de seus componentes para sobrepor a superioridade numérica e outras dificuldades nos conflitos da Segunda Guerra. Temos como exemplos o desenvolvimento do caça movido a motor jato em que a Heinkel já tinha desenvolvido se não me engano nos primórdios do ano 1936 não dando sequencia a fabricação devido ao custo do projeto, e que os caças a hélice já desenvolvidos também eram superiores aos das outras nações. Nos E-Boots da marinha que também eram superiores aos da mesma classe das outras nações, etc. Claro que esta é uma visão pessoal mas que se baseia na leitura de varias obras que eu obtive acesso.

    Marco.

  3. Paulo Roberto de Oliveira
    15/11/2012 às 11:18 AM

    Embora superior em tecnologia, qualidade de equipamentos e treinamento de pessoal, ficou impossivel de se alcançar uma vitória com a precipitada declaração de guerra aos Estados Unidos da America, que é no meu ponto de vista o maior erro da Alemanha Nazista que pretendia evitar uma guerra em duas frentes…A Alemanha deveria no máximo esperar que o desentendimento com os americanos chegasse a ela o mais tarde possivel.

  4. Prof. Mauro Moriarty
    17/11/2012 às 4:55 AM

    É preciso que abordemos esse assunto com muita prudência, sem precipitações nas aparências.

    É claro que no desenvolvimento técnico dos seus armamentos, a Alemanha sempre teve a prudência de observar as tendências e inovações tecnológicas de suas épocas sob o governo de Hitler todas as principais montadoras (Heinkel, Messechimit, Focker Wulf, Poscher, entre outras) foram orientadas no sentido de participarem de competitivas licitações no sentido de apresentarem protótipos capazes de atender exigências de qualidade em eficiência e eficácia elevadas no seu tempo, nada devendo e se possível superando todos os rivais das outras nações, afinal Hitler preparava a sua expansão territorial na Europa e sabia que não conseguiria apenas politicamente, a guerra era portanto inevitável e portanto deveriam se preparar da melhor forma possível, pois eles sabiam que derrota teria consequências terríveis.

    Mas a grande Estratégia nacional nazista não levava em consideração apenas a qualidade de um protótipo de arma militar, como o resto das nações o fazia, tanto que nelas bons protótipos surgiam quase que por acaso, e era difícil reconhecer seu valor e emprego útil, na Alemanha nazista um protótipo já nascia com a finalidade de ajustar-se a nova maneira de fazer guerra pela Alemanha a “Blitzkrieg”.

    Portanto muitos deles não eram de fato os melhores, mas sem dúvida estavam muito bem ajustados as funções necessárias ao desempenho e susseço da nova tática no campo de batalha.

    Foi durante o ataque a Polônia que a tática do emprego simultâneo das diferentes armas (Blitzkrieg) foi posta em pratica, a fim de evitar o pesadelo Alemão da guerra de trincheiras que os poloneses estavam prontos a oferecer em sua defesa, a Blitzkrieg foi um susseço superando todas as expectativas, foi tão rápida que eliminou a possibilidade da Polônia receber qualquer ajuda dos aliados, o ataque terminou quando ainda a França e Inglaterra tentavam completar sua mobilização.

    A Alemanha desenvolvera um tanque muito bem adaptado para o inicio da Blitzkrieg o Panzer II (PzKpfw II Ausf A), com canhão de 20mm, outro estreante foi o mortífero Me Bf 109 o na sua versão inicial considerado o melhor caça do mundo na época fez sua primeira aparição na guerra civil Espanhola e logo se revelou um vencedor na Polônia, outras das armas a aparecer em função da Blitzkrieg foi o lendário Junkers Ju-87, mais conhecido por Stuka, considerado pelo exercito Alemão sua artilharia aérea, era um bombardeiro de mergulho muito preciso e eficiente nas suas tarefas.

    Entretanto com a mobilização das outras nações e seus esforços em pesquisa e desenvolvimento técnico de suas próprias armas a Alemanha começou a ser superada, por exemplo, em 1941 após a Barbarossa as Divisões Panzer encontraram na Rússia os primeiros modelos de T34 e KV-1, muito superiores aos seus próprios modelos e que conteriam o ímpeto da Blitzkrieg, Durante a batalha da Inglaterra os aviões Alemães depararam-se com Spitifire e Hurricanes, somente igualados pelos Me Bf-109, sendo que o bimotor Bf-110 foi um fracasso de desempenho frente a eles.

    A partir de 1943 a Alemanha começou a reagir a obsolência de suas armas e colocou em campo armas do tipo: Tanques: Tiger I e II U-Boots aperfeiçoados e sobretudo o Me-262 primeiro caça a reação, armas sem dúvida muito superiores mas que chegavam tarde demais para serem produzidas em quantidades necessárias afim de reverter o curso da guerra, desfavorável a Wermacht.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: