Início > Guerras, História > Heinrich Severloh – “A Besta de Omaha” – Final

Heinrich Severloh – “A Besta de Omaha” – Final


Exceto Hein Severloh (seta vermelha), apenas o cabo Louis Kwiatkowski disparou uma arma MG 42, na praia (seta azul), mas só às 12h15. O fogo das duas metralhadoras já eram visíveis a uma grande distância. Isso permitiu que as suas posições fossem facilmente reconhecidos. O destroier americano Frankfort bombardeou as posições de Severloh, que desde as 12h00 só tinha munição traçante, vinha cada vez mais próximo o bombardeio naval acerta seu bunker que resistia. Severloh continua atirando…

Só às 15h30 quando os soldados inimigos estavam sendo abatidos a uma distância de apenas 50 metros do Observatório de artilharia, o tenente Frerking  deu ordens para que o último homem se retirasse até as nove horas da base WN 62. Estima-se que dos 300 metros de extensão da praia, mais de 3.000 soldados tinham perdido a vida ali. Às 06h30 massas de mortos e feridos, se formavam próximos a Muralha… Adolf Schiller, um soldado de um Posto de Observação ficou profundamente chocado e avaliava superficialmente:

“Os corpos estavam quase três metros de altura…”

Vista aérea da Força Aérea dos EUA a partir de 5.000 metros, do dia 06 de 1944 às 12h30:

 A foto mostra a metade inferior do local de desembarque, inclinação de 50 metros do litoral, no centro da defesa WN62 (borda verde). Na metade superior do mar, que estava com a maré cheia nesse horário, os corpos dos soldados mortos já flutuavam na praia.  No canto superior esquerdo da fotografia observa-se uma barragem de fogo de artilharia no setor da primeira Bateria, que era liderado pelo Tenente Frerking, localizada pelo círculo vemelho. Um grande número de embarcações de desembarque estavma próximo a área 62 WN na praia (do lado esquerdo momento, existem apenas duas LCTs, que transportavam alguns tanques). Hein Severloh atirava com sua MG 42 nas embarcações de desembarque (área de incêndio, de cor vermelha em que a massa de soldados americanos deitado na praia compõem uma linha escura). A grande quantidade de sangue derramado, o mar ficou descolorido.

Heinrich Severloh caiu durante a noite de 6 para o dia 7 Junho, duas vezes ferido levemente. Foi preso pelos americanos. Felizmente para ele, a algumas centenas de metros atrás da costa, e por isso os americanos nunca souberam realmente que ele era, porque, como disse Severloh:
“Se eles soubessem quem eu era e que havia massacrado as suas tropas, eles teriam imediatamente finalizado o trabalho em mim…”

 

Foi transferido para os Estados Unidos como prisioneiro de guerra.  Em 22 de Maio 1947  foi libertado e retornou para casa.

 

Anúncios
  1. Sérgio
    14/11/2012 às 9:45 PM

    Já li sobre a história desse bravo soldado uma vez, mais nunca tinha visto tantas fotos dele. É impressionante o acervo de fotos q vc tem aqui nesse blog. sem dúvida um dos melhores blogs sobre a segubda guerra. Parabéns…

  2. jobazevedo
    15/11/2012 às 7:48 AM

    Com mais uns 200 Serveloh a guerra teria tomado outro rumo.

  3. 15/11/2012 às 9:33 AM

    A foto aérea foi show!

  4. 15/11/2012 às 9:37 AM

    Existem fotos do encontro de Sverloh com um veterano norte-americano ferido duas vezes em Omaha Beach (provavelmente por ele) décadas após, na mesma praia, onde se abraçam fraternalmente. Daria outro post muito bom

  5. Gustavo
    15/11/2012 às 2:51 PM

    como eu disse na publicaçao anterior..sobre o titulo..claro que se ele fosse americano ele seria considerado heroi…John basilone foi nao foi?então…

  6. 17/11/2012 às 5:44 PM

    Ele era um soldado nazista.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: