Arquivo

Posts Tagged ‘fotografias’

A Hora H – Parte VIII

 Quando os bravos caem, quando a morte chega, quando a covardia aflora e o medo atinge. Essa é a hora H! Não há homem que não saiba essa hora; não há soldado que não se assombre neste momento. Essa é a HORA H:

 

Fotografias da Polícia do Exército na FEB

Mais uma contribuição enviada pelo pesquisador Rigoberto Souza para o BLOG. As fotografias da MP brasileira em ação na Força Expedicionária Brasileira.

A fonte é do livro do amigo Giovanni Sulla “Gli eroi venuti dal Brasile”.

 

PE 2 PE 3 pe01

Não Era Qualquer Navio, Era O BISMARCK!

  Não estamos falando de qualquer encouraçado da Segunda Guerra, estamos falando do Bismarck, o mais famoso dos navios de guerra. A História do Bismarck já é bem conhecida e já publicamos vários artigos aqui no BLOG sobre a caça que terminou com o afundamento do navio na sua primeira missão. Agora vamos apresentar o Bismarck de forma diferente, em toda a sua pompa, antes de se aventurar pelos mares contra os ingleses. Na segunda publicação vamos mostrar a “Caçada” ao navio de Hitler em Quadrinhos lançado logo depois dos ataques nos Estados Unidos. E por último uma análise da expedição que descobriu o navio com fotografias da situação dele hoje.

 

Mais Fotografias Antes e Depois

Segue abaixo mais uma publicação das fotografias antes e depois (Then and Now):

 

Série: A Hora H – Parte VI – Todas as Forças

Para nós uma fotografia geralmente serve como lembrança de um momento agradável. Mas para muitos que tiveram seus registros de guerra em fotografias, não esquecem o que passaram naquele momento. E quando essa fotografia reflete um momento extremo, ela toma um caráter mais nebuloso. Ser fotografado no momento em que a morte bate a porte é algo que não dá para esquecer. Infelizmente não foram poucos os casos em que os registros fotográficos param o tempo exatamente na Hora H.

 

Segue mais uma Galeria da Hora H:

Série: A Hora H – Parte V

Mais do que uma série de fotografias, uma visão diferente da guerra. Fotografias para se refletir sobre o conflito e a pressão que era ser integrante dela.

 

Os Libertadores Alemães Chegaram!!

Imaginem a cena. Uma tropa durante a Segunda Guerra Mundial chega em uma cidade e é recebida como libertadora! Crianças correm para ver a tropa passar. Mulheres jogam flores para os soldados, algumas, mais exaltadas, tentam agarrá-los para beijar. A tropa, orgulhosa do feito, desfila garbosamente pelas ruas da cidade. O comandante recebe as autoridades locais e estes colocam à disposição mantimentos e alojamento. Tudo para os libertadores!

Essa cena se repetiu a cada cidade libertada no território francês e nos Países Baixos durante o avanço anglo-americano, contudo o relato acima se deu em inúmeras vezes com as tropas alemães invadiam a União Soviética. Muito ucranianos, lituanos e outros de etnias menores que eram oprimidos pelo governo de Stálin, viram a oportunidade de exercer a liberdade que nunca connhecerá.

O sonho se tornou pesadelo quando se percebeu que as forças de ocupação exerceriam opressão na mesma proporção dos “vermelhos”. Não demorou muito para que os mesmos soldados que eram recebidos com flores, foram os mesmos algozes e agentes da destruição de muitas cidades da União Soviética.

A conclusão é de que o povo dessas regiões tiveram um século XX de cão, sendo seguidamente oprimidos durante décadas e décadas, antes, durante e depois da Segunda Guerra Mundial.

Segue abaixo a galeria dos “libertadores” alemães:

Sem Noção – As Fotografias Mais Esquisitas da Guerra

 Como é de praxe sempre estamos procurando as fotografias mais sem noção da guerra. É a natureza humana sempre rindo de suas próprias mazelas. Divirtam-se:

 

Fotografias de Uma Visão Pessoal da Guerra

Recebemos uma quantidade de fotografias que faziam parte do acervo pessoal com uma visão muito particular da guerra. Essas fotografias não exibem poses ou cenários pré-fabricados para divulgação, mas fotos naturais e trazem à luz o cotidiano de quem participou efetivamente do conflito.

Antes e Depois – Especial Normandia

Para aqueles que gostam das fotografias comparativas do antes e depois, vamos apresentar um especial de fotografias da região da Normandia.

 

Série: A Hora “H” – Parte I

Vamos publicar a partir de hoje uma nova série: A Hora H. A pretensão é publicar fotografias onde o autor da foto é parte de integrante da ação. Testemunha dos acontecimentos, presente em um momento de combate ou imediatamente  após ele. Nosso objetivo é que as pessoas possam refletir sobre a fotografia. Por isso, o BLOG prefere o destaque fotográfico ao invés do vídeo. A fotografia leva a reflexão, pois a imagem está estática, naquele momento, tudo pára.

Análises de Fotografias Surreais da Segunda Guerra

 Em outras publicações já testemunhamos o poder do registro fotográfico da Segunda Guerra Mundial. Evidentemente outros conflitos posteriores, com mais recursos tecnológicos, permitiu a real dimensão dos acontecimentos. Mas damos preferência as fotografias da Segunda Guerra pelo pionerismo profissional e documental dos fotográfos e das pessoas que registraram o evento. Foi a primeira vez que profissionais e amadores dispunham dos recursos tecnológicos para acampanha e registrar a ação em tempo real. Por isso o acervo da Segunda Guerra impressiona pela quantidade e qualidade.

 Selecionamos algumas fotografias que merecem reflexão, pelo menos segundo a perspectiva desse humilde observador.

 Se você tem uma fotografia da Segunda Guerra que tem uma mensagem a passar, ou representa algo que você acredita, por favor, envia pra gente: blogchicomiranda@gmail.com teremos o maior prazer em publicar.

O Exército Alemão em Campanha – A Qualidade e a Realidade Parte II

 Mas um lote de fotos de extrema qualidade e realismo do Exército Alemão em campanha. Realmente vale a pena analisar cada fotografia.

Os crédito estão nas fotografias

O Exército Alemão em Campanha – A Qualidade e a Realidade das Fotos

Me enviaram um lote de fotografias muito interessante do designer Larrister, um especialista no tratamento fotográfico, principalmente na recuperação. Realmente as fotografias impressionam pela qualidade. Portanto segue esta incrível coleção:

Facebook: https://www.facebook.com/BlogChicoMiranda

By Larrister Collection

As Fotografias Mais Engraçadas e Sem Noção da História! – Parte IV

 Mais uma série das fotografias mais engraçadas e sem noção da história. Com destaque para as crativas invenções bizarras e as roupas estranhas para fotografias mais estranhas ainda.

O Pioneiro da Fotomontagem era Alemão, mas…

John Heartfield  (nome de batismo Helmut Herzfeld), um alemão nascido em 1891 e pioneiro na fotomontagem. Heartfield utilizou técnicas de montagem fotográfica para ridicularizar a propaganda nazista na década de 1930. Foi perseguido pelo regime de Hitler, quando se refugiou na Tchecoslováquia até o país ser anexado pelo Alemanha. Foge para a Inglaterra e posteriormente para os Estado Unidos.  John Heartfield é considerado um artista pelo seu trabalho com fotografias. Vejam parte desse acervo:

Facebook: https://www.facebook.com/BlogChicoMiranda

Antes e Depois – Especial Itália!

Publicar as fotos da medieval Itália que, a partir de 1943, foi um teatros de operações mais intensos da Segunda Guerra Mundial, e que sofreu uma profunda destruição, principalmente em pequenas cidades e vilas, sendo que muitos habitantes se encondiam em cavernas para não perderem suas vidas.

Também lembramos que foi esse cenário que nossos pracinhas combateram valorosamente.

Registro Fotográfico da Guerra Civil Americana – Uma Exposição

 As fotografias abaixo revalam pouco sobre os combates, mas muito sobre as pessoas que participaram ou sofreram as consequências da Guerra Civil Americana. Não por acaso, suponho que as fotografias apresentadas transmitam para cada pessoa mais do que um ponto perdido no passado, revalam a vida daqueles deixados no espaço temporal que muitos só conhecem através de livros. Contudo essa exposição de fotografias mostra o que uma guerra pode fazer com as pessoas, suas privações, dores, angustias e perdas…Muitas perdas!. Temos que entender que a guerra no final resumir-se a máxima: “Ninguém perde com a Paz, mas na Guerra tudo se perde! “.